Transplantes Musculares
09/07/2020
Câncer de Pele
10/07/2020
Mostrar todas

Lifting facial e Suspensões na Paralisia Facial

Na paralisia facial há uma flacidez significativa pela ausência da atividade muscular do lado paralisado. Em pacientes jovens, cuja pele tem mais resistência e por não terem sofrido o processo de envelhecimento, essa flacidez é menos notada do que em pacientes adultos e idosos.

Além do prejuízo estético da flacidez e da assimetria, há um prejuízo funcional com dificuldade na ingestão de líquidos, na fala e acúmulo de comida na bochecha flácida com a queda do canto da boca.

Flacidez significativa do lado esquerdo pela paralisia facial
com queda do canto da boca e tração inferior da pálpebra.

Na pálpebra inferior, essa flacidez pode piorar a exposição do olho, tracionando-a para baixo e consequentemente mudança na posição comparada ao lado normal.

Com o tempo o rosto apresenta dois padrões diferentes de envelhecimento, um do lado normal e outro do lado paralisado, com assimetrias mais evidentes e com piora funcional progressiva.

Nestes casos, o lifting facial é uma excelente opção para reposicionar as estruturas e melhorar tanto o aspecto estético quanto funcional da face. Esse lifting muitas vezes é reforçado com fitas de fáscia lata para um resultado mais estável com os anos.

Esse é um exemplo de que a cirurgia reparadora caminha ao lado da cirurgia estética. Agregar o conhecimento de ambas áreas é fundamental para melhores resultados.

Nos casos de Sincinesia, o padrão de envelhecimento é diferente da paralisia flácida. Nestes casos, além das alterações de contorno causadas principalmente por contraturas musculares, há uma piora dos sulcos por tração assimétrica e constante da região.

Nestes casos, há possibilidade de atenuar as diferenças com procedimentos minimamente invasivos como preenchimentos se as assimetrias forem mais sutis. Com o tempo, pode ser necessário o lifting facial para um tratamento mais expressivo nos casos com maiores assimetrias e com flacidez pelo envelhecimento.

Tanto na Paralisia quanto na Sincinesia, a técnica cirúrgica do lifting facial tem algumas diferenças comparada a cirurgia puramente estética.

Gostou do conteúdo deste artigo? Acompanhe o Instagram@paralisiadeface – e também inscreva-se no canal do YouTube da Dra. Rachel Baptista para novidades sobre Paralisia Facial.

Dra. Rachel Baptista
Dra. Rachel Baptista
Rachel Baptista é formada e pós-graduada pela USP, com especialização e experiência reconhecida nos maiores centros de reconstrução plástica do mundo. Participação nas reconstruções de face e membros mais importantes do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CONTATO
×