Mamas Tuberosas
08/07/2020
Lipoaspiração de Papada
08/07/2020
Mostrar todas

LIFTING Facial

Lifting facial: Primeiros Passos

O Lifting de face, também conhecido como ritidoplastia, é indicado para reposicionar as estruturas faciais que são afetadas pela gravidade e pelo envelhecimento. A palavra lifting vem do inglês e significa levantar.

Quando o Lifting Facial é recomendado?

Esse é um procedimento indicado quando os sinais do envelhecimento estão incomodando, que geralmente aparecem depois dos 40 anos. Alguns fatores podem acelerar o processo do envelhecimento, como o tipo de estilo de vida (tabagismo e a exposição ao sol) e a predisposição genética.

A cirurgia está indicada se houver as seguintes alterações:

  • Flacidez da pele e da musculatura da face, gerando as conhecidas bochechas de buldogue.
  • Bigode chinês profundo e bem marcado.
  • Distribuição ruim das bolsas de gordura na face.
  • Linhas de expressão e rugas profundas.
  • Quando os preenchimentos não conseguem manter o resultado ou se muito volume de preenchimento é necessário para corrigir o problema.

A cirurgia busca trazer a jovialidade reposicionando as estruturas que se tornaram flácidas com o tempo. O objetivo é um resultado natural com melhora no contorno, retirada do excesso de pele e amenização das rugas, permitindo um envelhecimento mais gradual no futuro.

Se preparando para a Cirurgia de Lifting Facial

A consulta médica é essencial para obter todo o histórico de saúde e examinar as características físicas da paciente.

Esteja preparada para informar:

  • Qual o motivo para fazer a cirurgia e suas expectativas
  • Tipo de estilo de vida, se realiza exercícios físicos e cuidados na exposição ao sol.
  • Se tem doenças, alergias e se já realizou algum tratamento médico
  • Uso de remédios, vitaminas, suplementos, fitoterápicos.
  • Se fuma ou bebe habitualmente.
  • Cirurgias prévias
  • História familiar de doenças

A Dra. Rachel Baptista irá:

  • Determinar fatores de risco para a cirurgia.
  • Examinar e avaliar a qualidade da pele.
  • Avaliar a presença de excesso de pele e flacidez na face, assim como nas pálpebras e pescoço.
  • Tirar fotografias para documentar o seu caso no prontuário.
  • Discutir opções de tratamento, os possíveis resultados e riscos da cirurgia.
  • Solicitar exames e discutir as opções de anestesia.

O que é importante fazer antes da cirurgia?

  • Realizar os exames pré-operatórios e discutir possíveis alterações.
  • Verificar se é necessário ajustar alguma medicação ou vitamina que está tomando.
  • Parar de fumar no mínimo 1 mês antes.
  • Não usar aspirina, anti-inflamatórios ou suplementos fitoterápicos, pois podem aumentar o risco de sangramento.

No retorno antes da cirurgia, algumas instruções especiais são importantes:

  • O que fazer no dia da cirurgia, ver o tempo de jejum e acertar os últimos detalhes e dúvidas.
  • Orientações gerais dos procedimentos de pós-operatório e de alta hospitalar.
  • Assinar os termos de consentimento para a cirurgia.

Onde realizar a cirurgia de lifting facial?

A Dra. Rachel realiza cirurgias em hospitais certificados, que possuem um centro de esterilização moderno e com retaguarda de UTI.

Para as pacientes que realizam o lifting facial é recomendável passar a noite no hospital e com alta geralmente no dia seguinte.

Como é a Cirurgia do Lifting Facial?

Qual é o tipo de anestesia usada no lifting facial?

A anestesia geralmente é geral.

Onde ficam as cicatrizes do lifting facial?

A posição das cicatrizes é escolhida para ficarem escondidas ou camufladas na área do cabelo. Passam pela frente da orelha, contornando-a por baixo e para trás, podendo se estender para o couro cabeludo. Também pode se estender para a parte superior da orelha, nas têmporas. O tamanho e a posição da cicatriz dependem da área que precisa ser tratada e do grau de flacidez da pele.

Como é feita a cirurgia de lifting facial?

Depois das incisões, é realizado o descolamento da pele dos músculos conforme a marcação. A musculatura e compartimentos da face são reposicionados para tratar a flacidez muscular e pode ser que seja necessário o enxerto de gordura para dar volume em áreas com perda de projeção na face. A pele é reposicionada e o excesso ressecado.

Algumas cirurgias são combinadas com o lifting facial para melhorar o resultado e o contorno facial:

  • Lipoaspiração de papada: se houver acúmulo de gordura.
  • Lifting de pescoço: se houver flacidez da musculatura e da pele do pescoço.
  • Cirurgia das pálpebras (Blefaroplastia): para tratar o envelhecimento das pálpebras como bolsas e excesso de pele nesta região.
  • Lifting de sobrancelhas: Podem estar caídas pelo envelhecimento.
  • Laser de CO2: para tratar a superfície da pele ao mesmo tempo que o lifting trata o excesso da pele e a flacidez dos compartimentos profundos da face.

Quanto tempo dura o Lifting Facial?

A cirurgia demora em torno de 5 horas a depender das áreas que serão tratadas e se outros procedimentos serão necessários para buscar o melhor resultado.

Quanto tempo fico internada no hospital após o lifting facial?

Na maioria dos casos entre 12 a 24 horas.

Quais são as contraindicações do Lifting Facial?

A principal é o tabagismo, pois aumenta o risco de haver complicações na pele e na cicatrização. Quem opta pela cirurgia, precisa optar por parar de fumar com antecedência.

O que é MiniLifting Facial?

O Minilifting é o nome usado para o lifting facial com a cicatriz mais curta, que geralmente não se estende nem superior, nem para o couro cabeludo atrás da orelha.

Esse é um procedimento indicado para pessoas que não tem muito excesso de pele para ser retirado, mas precisam reposicionar uma flacidez muscular.

O que é Lifting de pescoço?

O pescoço também envelhece e pode haver tanto flacidez muscular com mal posicionamento, além do excesso de pele.

Essa é uma cirurgia muito comum de ser combinada com o lifting de face para aproveitar o acesso para tracionar a musculatura do pescoço lateralmente e retirar o excesso de pele.

Pode ser necessário um aceso abaixo do queixo para tratar a musculatura cervical na sua porção central e para retirar eventual acúmulo de gordura no local.

Com esse procedimento é possível devolver o contorno do pescoço.

Como é o Pós-operatório do Lifting Facial?

O pós-operatório do lifting facial é doloroso?

Geralmente a dor é controlada com analgésicos simples nos primeiros dias. Depois da primeira semana, muitas vezes nem são mais necessários.

Incha muito no pós-operatório do lifting facial?

O pico do inchaço é nos primeiros 3 a 4 dias, diminuindo após. O inchaço é menor se permanecer mais sentada e dormir com alguns travesseiros para deixar a cabeça mais alta.

Pode ser necessária a drenagem linfática da região e uma malha modeladora para a região do pescoço, depois que forem retirados os curativos da cirurgia no dia seguinte.

Quando os pontos são retirados? E os drenos?

Na cirurgia são colocados drenos nas áreas descoladas para evitar um acumulo excessivo de inchaço e isso prejudicar a cicatrização no pós-operatório. Eles são retirados assim que o inchaço começar a diminuir.

Os pontos são retirados entre 7 a 14 dias.

Quais são as complicações do lifting facial?

Infecção, hematomas e deiscências dos pontos são as mais comuns. Mais raramente pode haver perda da pigmentação e necrose da pele, além de alterações da mímica facial.

A perda de sensibilidade geralmente é temporária e volta aos poucos nos meses de pós-operatório.

Quando eu consigo retornar as atividades normais e os exercícios físicos?

Após 2 semanas o edema geralmente já diminuiu bastante, um roxo ou outro estará clareando e os pontos das cicatrizes serão retirados. Pode ser realizada camuflagem com maquiagem se necessário.

Os exercícios podem ser retornados progressivamente depois da terceira ou quarta semana.

Quando eu vejo os resultados do lifting facial?

O inchaço pode demorar alguns meses para desaparecer por completo e para as cicatrizes começarem a clarear.

Os resultados são duradouros, mas é importante cuidar da pele, evitar o tabagismo, poluição e a exposição solar desprotegida. A associação com tratamentos que estimulam a produção de colágeno e que deem volume para áreas estratégicas permite uma duração maior dos resultados e retardam os sinais do envelhecimento.

Quanto custa um lifting facial? Qual é o valor? Qual é o preço?

O lifting facial é uma cirurgia estética que não é coberta pelo convênio.

Após a consulta médica, é definido junto com a paciente o plano de tratamento e quais áreas serão tratadas e se será necessário combinar cirurgias com o lifting facial.

Os custos envolvem o hospital, que inclui os materiais, as medicações usadas na anestesia e na internação. Outra parte do custo, é da equipe cirúrgica, que é composta pela Dra. Rachel Baptista, um auxiliar cirurgião plástico, a Anestesista e a Instrumentadora.

Os orçamentos são enviados para os pacientes de acordo com o planejamento individualizado realizado na consulta médica.

Gostou do conteúdo deste artigo? Acompanhe o Instagram@drarachelbaptista– e também inscreva-se no canal do YouTube da Dra. Rachel Baptista para mais novidades.

Dra. Rachel Baptista
Dra. Rachel Baptista
Rachel Baptista é formada e pós-graduada pela USP, com especialização e experiência reconhecida nos maiores centros de reconstrução plástica do mundo. Participação nas reconstruções de face e membros mais importantes do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CONTATO
×