Como é a aplicação da Toxina Botulínica?
08/07/2020
Próteses de Mamas
08/07/2020
Mostrar todas

Toxina Botulínica e a Reabilitação Neuromuscular Funcional

Por que eu preciso fazer a reabilitação junto com o tratamento com a toxina botulínica?

Muitos pacientes se questionam de manter uma reabilitação neuromuscular após a fase de reinervação quando as Sincinesias aparecem e se estabelecem.

Muitas pessoas também acham que a Sincinesia aparece por uma falha no tratamento.

Na verdade, a Sincinesia só aparece porque o nervo teve a capacidade de se regenerar e reinervar um músculo, mesmo após uma lesão importante. Isso por si só já é uma grande conquista. A reinervação, mesmo que cruzada, é melhor do que a paralisia flácida.

O padrão de reinervação pode ser muito diferente do que era antes. Essa nova condição é pode ser piorada com a tentativa fazer exercícios sem orientação, pois há um estímulo excessivo para vários grupamentos da face simultaneamente. Além disso, a eletroestimulação está associada com uma pior evolução da Sincinesia.

Contração involuntária maciça da musculatura do lábio inferior D em Sincinesia Fronto-oral grave.

A Sincinesia tem 3 mecanismos principais que explicam o seu aparecimento. A Toxina Botulínica e a reabilitação neuromuscular atuam juntos em dois deles para melhorar o controle, a coordenação e a simetria da face. O terceiro mecanismo, que é um contato entre os axônios dentro do nervo, não é acessível para controle direto.

O bloqueio com a toxina botulínica atua no controle dos movimentos, inibindo as vias que deflagram o movimento anômalo e melhorando a contratura / assimetria das áreas alvo.

O tratamento com a toxina botulínica é uma JANELA DE OPORTUNIDADE para mudar a maneira de como os músculos são solicitados e para ajudar a separar os movimentos que estavam agrupados na Sincinesia. Essa combinação maximiza a reabilitação.

Importante entender que esse novo aprendizado é muito diferente entre os pacientes e a duração do tratamento pode ser longo.

Gostou do conteúdo deste artigo? Acompanhe o Instagram@paralisiadeface – e também inscreva-se no canal do YouTube da Dra. Rachel Baptista para novidades sobre Paralisia Facial.

Dra. Rachel Baptista
Dra. Rachel Baptista
Rachel Baptista é formada e pós-graduada pela USP, com especialização e experiência reconhecida nos maiores centros de reconstrução plástica do mundo. Participação nas reconstruções de face e membros mais importantes do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


CONTATO
×